O Piolhito viu [as imagens do casamento real]


No sábado passado, e com o casamento real a passar em tudo o que era televisão, site, redes sociais e afins, além de se perceber nitidamente o amor que existe entre o "piqueno" Harry e a "piquena" Meghan, vimos que os britânicos continuam a dar cartas na pontualidade. Pronto, correu tudo bem, foi tudo lindo e maravilhoso, mas a verdade é que ficaram muitas questões por esclarecer. 

 

Tipo, será que os convidados bateram com os talheres para os noivos se beijarem? Será que a noiva leiloou a sua liga? Será que existiram uma "batelada" de solteiras (e solteiros, porque aqui não se discrimina, ok?) em guerra por causa do buquê? Será que os noivos entrelaçaram os braços para beberem do copo de champanhe alheio? Será que houve cascatas de pequenos crustáceos decápodes e mesa de queijos e enchidos da Beira Alta portuguesa? Tanta, e tanta coisa, para se saber e ninguém se preocupa em fazer um trabalho jornalístico de investigação para aferir todos estes pontos. Ana Leal, onde andas tu? Se descobriste o camarão da Raríssimas, de certeza que estes pequenos pormenores eram "peanuts" para ti.
  

Sem comentários:

Enviar um comentário