O Piolhito foi [à Taberna Moderna]

O título desta modesta publicação também poderia ser O Piolhito foi ao novo Campo das Cebolas e gostou “comme ci comme ça”, mas hoje não me apetece a crítica urbanística e/ou arquitetónica até porque está demasiado calor para isso.  

O Piolhito fez [anos e está a contar o tempo que falta para a reforma]

Longe vai o tempo, que adorava fazer anos e planear festas de aniversário. Quando somos putos, vemos as coisas de forma diferente, mais inocentes e descontraídas, onde aproveitamos as comemorações de vida, de uns e de outros, para prolongar as nossas brincadeiras com os colegas de escola o mais possível. Depois, com o avançar [demasiado rápido] da nossa modesta cronologia, aparecem os exames da escola preparatória e secundária [que no meu caso incidiam quase sempre no meu dia de anos], as frequências da Faculdade, os estágios, as férias, os compromissos profissionais e a falta de vontade em organizar estas coisas mais comemorativas.

O Piolhito foi [ao concerto dos Queen + Adam Lambert]

Confesso que sou um gajo que não gosta muito de aglomerados populacionais para assistir espetáculos e sempre que posso, fujo a isso. Mas um convite para assistir a um concerto dos Queen (mesmo sem o Freddie)… não se recusa? Certo? Tipo, é uma banda de uma geração, que consegue ser transversal a muitas outras, e sendo eu de 1980, não podia ficar alheado deste acontecimento. Ok, também sou da geração da Cândida Branca Flor, mas isso fica para outra oportunidade – até porque todos temos um passado. 

O Piolhito foi [ao Jamie’s]

Confesso que tenho um problema grave. Depois de ter ido ao Ernesto (restaurante italiano, gerido por italianos, em Telavive, em Israel] sempre que entro num estabelecimento que incida sobre a gastronomia italiana (aqui ou além-mar) fico sempre de pé atrás. E reajo assim, porque de facto, e embora já tenha estado em Itália várias vezes, foi dali que sai mais satisfeito (quando falamos neste tipo de “cozinha”) e cuja Focaccia ainda me faz salivar hoje. Portanto, quando uma amiga minha me disse “vamos ao Jamie’s, experimentar as pizzas?” eu não respondi logo que sim. Pensei, pensei e acabei por aceder. Mas acabei por não comer pizza.