O Piolhito esteve [a pesquisar prendas até cinco euros - Parte IV]

Há tradição maior no Natal, do que oferecer doces? Bolinhos, bolachas, bombons ou chocolates (até daqueles que o coelhinho, foi com o pai Natal, e o palhaço, no comboio ao circo)? Não? Claro que não! Até porque tudo o que é doce nunca amargou, e conquista-se mais facilmente um sorriso com assim do que outra maneira. Preparados? É que já se ouve músicas de Natal por todo o lado, e o momento da festa avança rapidamente. Ainda não sabe o que oferecer a algumas pessoas? Não se preocupe! Confira as sugestões açucaradas, na segunda parte desta publicação.  

Então, após uma pesquisa super exaustiva, encontrei as seguintes soluções para a nossa problemática:



1. Bombons Avelã Ferrero Rocher: É um clássico! Além de toda a gente já saber a resposta do Ambrósio ("tomei a liberdade de pensar nisso, senhora"), desde 1995 temos presente o sabor. Aqui, não há nada que enganar e é uma escolha que raramente corre mal. Pessoalmente, confesso que é a minha perdição. NÃO ME OFEREÇAM ISTO! 
[ver por exemplo aqui] 

2. Vintersaga: Santinho! Não, ninguém espirrou, este é apenas o nome sueco para casa em massa de gengibre. É um presente super original, mas que dá algum trabalho a quem o recebe, portanto há que escolher bem o destinatário. Podem adquirir numa loja IKEA [ver aqui]

3. Cookies de Alfarroba e Amêndoa: Uma proposta ousada, com um sabor bem português. O Natal é feito de memórias e a Snow Cakes sabe-o, portanto se querem presentes originais e caseiros, esta é a opção certa [ver aqui]

4. Biscoitos Red Velvet: Mas se não ficaram convencidos com a proposta anterior, não vão conseguir fugir a esta. Sim, também são realizados pela Snow Cakes, e sim, é aquele presente que ninguém se vai importar nada em receber. Aliás, vão é querer mais [ver aqui]

5. Bombons com maçã e canela D. Regina: Outro clássico. Não da época, mas de marca. Os chocolates Regina são intemporais e provocam memórias de infância a muitos de nós. Quem não se lembra das famosas "sombrinhas" em chocolate? Esta proposta é ligeiramente diferente, porque traz bombons com maça e canela, mas não deixa de ser uma lembrança simpática [ver por exemplo aqui] 

6. Bombons Raffaello: Outra proposta da Ferrero Rocher, que embora ainda não seja um clássico, para lá caminha. Como nem todas as pessoas gostam de chocolate (não é Ritinha?), esta opção tem de ser tida em conta. Não desilude [ver por exemplo aqui] 

7. Chocolate de Laranja com Amêndoas Moser Roth: Estiveram disponíveis na cadeia de supermercados ALDI, umas caixas simpáticas, com aquele que é o meu chocolate favorito da actualidade. É, sem sombra de dúvidas, um dos melhores do mercado. Pelo menos para quem gosta de chocolate, laranja e amêndoas. Ah, se este produto já não estiver em venda, há sempre a possibilidade de se comprar uma tablete e oferecer (se conseguir resistir ao pecado) [ver aqui]

8. Bombons Frutos do Mar Guylian: Para os clássicos dos clássicos, o chocolate belga. Aqui, mascarados de frutos do mar [ver por exemplo aqui] 




Podem ainda ver a Parte IParte II e Parte III.



Sem comentários:

Enviar um comentário