O Piolhito está [a participar no "ten years challenge"]

Nos últimos dias, as redes sociais, principalmente o "livro-da-cara" e o "isto-é-grande", foram invadidas pela retrospectiva e comparação dos anos 2009 e 2019. Parece uma praga a invadir todos os nossos "feeds", sem dó nem piedade. Tirando o caso da Cher que está igual (parece que já está assim desde 1972), na maioria dos casos, a malta está mais velha. Com mais rugas. Com mais ou menos sabedoria. E no meu caso, com muito menos cabelo. 

A verdade, é que mais do que as imagens, os factos falam por si. Em 2009 estava a trabalhar na área da Protecção Civil, hoje, na área do projecto de espaço público (por quem não morro de amores). Em 2009 deixei de andar de transportes públicos e passei a andar de carro (passados 10 anos, ainda tenho a mesma viatura). Há 10 anos atrás, tentava ser surfista, hoje tenho a prancha encostada à parede. Era mais calmo, agora muito mais nervoso. Saía para o Tamariz e agora não vou para lado nenhum (pelo menos há 2 anos). Planeava ir a Paris passar a passagem de ano, hoje só penso na viagem a Copenhaga no mês que vem. Usava calças largas, hoje mais para o skinny. Andava com as camisas fora das calças, hoje dentro e com cinto. Pesava 60 quilos, agora 64. Naquela altura tinha 28 anos, agora 38. Era novo e agora estou velho. Estava a pensar que deveria comemorar em grande, a chegada dos trinta, agora tenho esquecer-me que estou quase nos quarenta. De facto, só sei que isto passa a correr.

E vocês, onde estavam em 2009? A fazer o quê? Onde? Com quem? 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário