O Piolhito fez [uma selecção de 5 praias incríveis em Ibiza | com mapa]

Sempre tive vontade de conhecer Ibiza ("Eivissa" para os locais). Era a combinação perfeita entre as férias e noitadas. E como sempre gostei de praia e de festas (e de farra, e de dançar e de outras coisas que não vale a pena especificar), este destino turístico estava na lista “to do”, fazia tempo. Portanto, não é de estranhar que tenha estado por lá em 2010 e 2013 – e não fiquei nada chateado por repetir a dose. Aliás, espero voltar brevemente e juntar Formentera à minha experiência porque a idade já é outra… e uma pessoa a bater os quarenta quase que "já não aguenta com uma gata pelo rabo” – não é a melhor expressão para colocar aqui neste texto, mas foi o que me lembrei. Mas vamos lá à minha selecção das 5 melhores praias de Ibiza. Tudo na segunda parte do "post"

A ilha de Ibiza é uma das quatro maiores ilhas do arquipélago das Baleares (que inclui ainda Maiorca, Menorca e Formentera), sensivelmente com 120 km de costa que se traduzem, mais ou menos, em 60 praias. Não conheço todas (mas ainda tenho tempo para isso), mas conheço algumas. E dessas algumas seleccionei 5 (porque é um número catita). Para quem vai de férias, e pretende conhecer o máximo possível, o melhor mesmo é alugar um carro (ou uma mota) e percorrer a ilha toda.




|Mapa com legenda para download aqui e impressão em folha formato A3 |13 MB |

Praias
[1.] Cala Salada (e Saladita) 
[2.] Cala Vedella
[3.] Cala Conta (ou Comte)
[4.] Cala Tarida 
[5.] Cala Bassa


[1.] Cala Salada (e Saladita)

Quem vai a Cala Salada (na primeira foto), vai a Saladita (segundo registo). Podia ser um provérbio espanhol para o efeito, mas não. É uma constatação. São duas praias contíguas, uma com 100 metros e outra com 75 de comprimento (que é mais pequena, logo acaba em “ita”). O estacionamento fica na primeira (convém ir de carro ou de mota) e nos meses mais procurados, é um pouco complicado parquear as viaturas por lá. Eu estive por lá em setembro e foi uma maravilha – pouca gente, pouca confusão e foi espectacular. Gostei mais da Saladita




[2.] Cala Vedella

A praia é muito gira e tem um cenário do caraças! Fica no fundo de um porto natural, o que lhe dá um ar paradisíaco. O mais chato mesmo é estacionar o carro (é uma dor de cabeça arranjar um lugar e o mais provável é que fique à beira da estrada, longe da areia). Fica na costa norte da ilha, no município de Sant Josep.




[3.] Cala Conta (ou Comte) 

Uma das minhas preferidas. Na prática são duas: a Cala Conta e a Racó d’en Xic. Tem um aspecto espectacular, uma água azul cristalina, um enquadramento com ilhéus e rochas (dignas de um qualquer Instagram ou postal), mas… com muito pouca areia. Aconselho a ir, mas é preciso ter paciência e alguma sorte para arranjar um sítio para colocar a toalha. Há quem diga que é a mais famosa de Ibiza. Para aqui, existem autocarros - dica importante para quem não alugou um carro ou mota.    




[4.] Cala Tarida

Preparem-se para descer as escadas (escadinhas e escadotes, como diz uma colega minha no trabalho) para lá chegar. Mas vai valer a pena. A areia aqui também não é muita (para não variar), portanto há que ter alguma paciência também – ainda assim, são 300 metros de comprimento de praia. Também à semelhança do que acontece com a Cala Conta, também existem autocarros.  



[5.] Cala Bassa

Esta praia, tal como as outras, apresenta uma água azul super transparente, que nos transporta para o imaginário das Caraíbas ou Maldivas – não fosse a temperatura da água. O que dá piada ao local são as árvores que entram praia dentro. O bom desta praia é o facto de existir também, transporte público para lá (autocarro) que para quase na areia. Além disso, fica bem em qualquer fotografia e sempre dá para meter “inveja” a quem ficou a trabalhar. É uma praia de areia fina – e cheia de gente nos meses de Julho e Agosto.  




>>Como ir:
Existem duas possibilidades. A primeira, de avião, com voos directos de ligação em Madrid, para quem sai de Lisboa, Porto ou Faro. A segunda ir de ferry para Ibiza, com partidas as metrópoles espanholas de Valência ou Barcelona - também existem travessias desde Denia ou Gandia - para quem vier do lado de Málaga e não quiser subir mais a costa. Tentem espreitar as opções aqui.

>>Onde ficar:
Num hotel com tudo incluído, porque os preços ficam em conta. Como o ideal é alugar um carro, qualquer sítio da ilha serve. Para os mais "artistas", o arrendamento de uma moradia com piscina é sempre uma hipótese a ter em conta (há muita oferta neste domínio). 

>>Onde comer: 
Na capital, junto à cidadela de Ibiza há de tudo um pouco. Não se deixem enganar pela "tradicional" sangria ou paella.

>>Onde sair: 
Ibiza é a ilha da loucura. Há "rambóia" para todos os tipos e feitios. Existem discotecas icónicas, como a Pacha, festas da espuma na Amnesia, "house music" na Privilege, "sunsets" no Café del Mar e muitos outros ambientes pronto a serem descobertos. Atenção: durante o dia nas praias, são oferecidas pulseiras de entradas nas festas menos baladas. De resto, os ingressos são caros (mais de quarenta euros, preparem-se!) e as bebidas um balúrdio.    

>>Mais dias em Ibiza:
Se tiver percorrido a uma de uma ponta a outra, tem sempre Formentera, ali tão perto. Se gostou de Ibiza, vai delirar com a outra ilha. 

Sem comentários:

Enviar um comentário